As virtudes do Sagrado mês de Rajab (I)

0
3635

Quando Allah Todo-Poderoso criou o mundo, Ele fixou o tempo em 12 meses e designou 4 como meses sagrados. Esses 4 meses devem ser tratados com maior reverência; num deles os pecados deverão ser evitados mais do o normal e os seus benefícios devem ser colhidos através de orações adicionais.

Rajab é o 7º mês do Calendário Islâmico e inclui-se num dos quatro meses sagrados, sendo que os outros três são Dhul-Qa’dah, Dhul-Hijjah e Muharram, o 11º, 12º e 1º meses do Calendário Islâmico Lunar respectivamente. Rabaj é um dos meses sagrados que não é consecutivo com os 3 já mencionados. A palavra “Rajab” por definição significa “aquele que é honrado”. A sua raiz árabe é “Ra” que significa “Rehmat” (Misericórdia de Allah Todo-Poderoso); “Jeem” que está para “Jood” (Generosidade de Allah Todo-Poderoso; e “Ba” que está para “Bir” (Bondade de Allah Todo-Poderoso). O sagrado mês de Rajab é então preenchido desde o início até ao fim com benefícios para o crente da parte do Seu Senhor: Misericórdia sem castigo, Generosidade sem restrição e Bondade sem mágoa. Huzoor Ghous-e-Azam Hadhrat Syedena Shaykh Abdul Qadir Jilani (que Allah esteja satisfeito com ele) menciona no seu “Ghunya” que Rajab é o mês para se abandonar os pecados, Sha’Baan é o mês para a ação e cumprimento dos juramentos do crente e Ramadhan é para a verdade e purificação. Ele (que Allah esteja satisfeito com ele)  adianta ainda que Rajab é o mês do arrependimento, Sha’baan é o mês do trabalho árduo e Ramadhan é o mês para se criar proximidade. Ainda, o Grande Santo de Bagdad escreve que Rajab é para a santidade (hurmat), Sha’Baan para o serviço (khidmat), e Ramadhan para as bênçãos (ni-mat).

Rajab é um grande mês tal como se evidencia pelo seguinte Ahadith do Sagrado Profeta , relatado por Hazrat Abu Hurayra (que Allah esteja satisfeito com ele):

“Sha’baan é o meu mês, Rajab é o mês de Allah Todo-Poderoso, e Ramadhan é o mês da minha Comunidade. Sha’baan é o expiador, enquanto que Ramadhan é o purificador”.

Quando os companheiros do Sagrado Profeta Muhammad perguntaram o significado de “…Rajab é o mês de Allah Todo-Poderoso…”, Ele explicou que este mês tornou-se especial pela Misericórdia de Allah Todo-Poderoso, em que combater e matar é estritamente proibido neste mês (a favor das suas comunidades, pois os Profetas não têm pecados (ma’soom). Ainda, Allah Todo-Poderoso protegeu os Seus Amigos (awliya) dos ataques dos Seus inimigos (malfeitores).

Quem jejuar neste mês, Allah Todo-Poderoso abençoará essa pessoa com 3 coisas:

  1. Perdão dos pecados passados
  2. Protecção contra pecados futuros
  3. Protecção contra a sede no Dia do Julgamento

Um homem idoso perguntou ao Sagrado Profeta o que é que ele podia fazer visto que não estava fisicamente capaz de jejuar o mês inteiro. Com isto, o Sagrado Profeta disse que se ele jejuasse no 1º, 15º e no último dia de Rajab então iria ser recompensado como se tivesse jejuado o mês inteiro, porque cada boa ação é recompensada em 10 vezes mais. O Sagrado Profeta exortou para que não se negligenciasse a véspera da primeira Sexta-Feira de Rajab (i.e. a quinta-feira), pois os anjos nomearam esta noite como “Laylatul Raghaib”. A razão para isto é que na terceira parte dessa noite todos os anjos na terra e nos céus juntam-se em volta da Sagrada Kaba em preces a Allah Todo-Poderoso. Allah pergunta-lhes qual o seu desejo, ao que os anjos respondem que eles rezam para que Allah Todo-Poderoso perdoe aqueles que jejuam no mês de Rajab. Allahu Akbar!

Este artigo terá um segundo capítulo de continuação, cujo tema é “A virtude de jejuar na primeira Quinta-Feira de Rajab e respectiva prece especial”.

———————————————————————-

As informações mencionadas neste artigo foram retiradas de “Al-ghunya li-Taalibi Tareeq al-Haqq” de Hazrat Shaykh Abdul Qadir Jilani (que Allah esteja satisfeito com ele); traduzido do árabe por Haaji Muhtar Holland em “Suficient Provision for Seekers of the Path of Truth” (Al-Baz Publishing, Inc, Florida, 1997)

Hazrat Shaykh Abdul Qadir Jilani (que Allah esteja satisfeito com ele) é Sultan-al-Awliya, ou seja, a Coroa dos Santos e da maioria dos eruditos das tradições Islâmicas, sendo a grande fonte da Ordem Espiritual Qadri. Nasceu no distrito Iraniano de Gilan, a sul do Mar Cáspio, em 470 Hégira (1077-8 CE). Tendo vivido uma vida de extrema piedade, sacrifício, serviço e devoção a Allah Todo-o-Poderoso e o Seu Mensageiro , passou para o Reino da Beatitude Divina  a 11 de Rabi-uth-Thani de 561 de Hégira (1166 DC). Descansa hoje na cidade de Baghdad, Iraq. O seu abençoado mausoléu é um espaço de visitas de piedosos e devotos por todo o mundo.

A intenção deste breve documento é trazer à atenção dos nossos leitores os grandes benefícios espirituais destas abençoadas noites e dias, e encorajar as pessoas a ganhar estes benefícios praticando os tais actos de adoração.

A informação acima citada foi extraída do documento em inglês da IECRCNA em http://www.iercna.org/publications/articles/Rajab.pdf. As traduções destes documentos são uma parceria entre a AEIP e a IERCRNA que visam promover a divulgação do Islão no mundo.